Estamos vivendo um momento muito marcante no século XXI. O mundo inteiro foi atingido pela pandemia causada pelo novo coronavírus Covid-19 e, por isso, fomos obrigados a transformar nossas rotinas de uma forma jamais vista antes.

As medidas e protocolos de segurança são inúmeros e o maior apelo é: se puder, fique em casa. E, com isso, vemos o mundo se transformar ao nosso redor. Teletrabalho se tornou o novo normal e a vida virtual passou a ser a base de nossas socializações.

Para alguns, essas mudanças não foram tão caóticas. Muitas pessoas já viviam de forma semelhante, mas, ainda assim, quando somos forçados a mudar nosso comportamento, o nosso corpo tende a responder de inúmeras formas. Afinal, cada pessoa é um mundo e cada mundo vai se transformar de formas diferentes.

Vimos, então, um aumento significativo de pessoas sofrendo com índices de estresse e ansiedade elevados, o que impacta diretamente no seu sistema imunológico, afetando assim  sua saúde como todo. 

Falamos aqui  com o intuito de disseminar informações que podem te ajudar no manejo desses sintomas de forma prática, no seu dia a dia. Aproveitamos também para frisar que, para cuidar dessas questões, existe uma série de medidas que podem ser tomadas  no seu dia a dia, mas neste momento, focamos apenas no âmbito da alimentação. 

Encorajamos você a buscar o maior número de fontes confiáveis possíveis para cuidar da sua saúde agora e a ter acompanhamento de um médico caso necessário

 

Os principais alimentos que podem ajudar a combater o Estresse e a Ansiedade

Tudo pronto para começar a repensar na alimentação do seu dia a dia? Vamos lá!

 

1. Legumes e Frutas

Não é novidade pra ninguém que legumes e frutas são alimentos super indicados para quem busca uma rotina mais saudável. 

A verdade é que eles são ricos em vitaminas, minerais e flavonoides – substâncias que atuam como super antioxidantes e auxiliam na diminuição da pressão arterial, além de ajudar o nosso corpo a relaxar e, consequentemente, combater o estresse.

Dentro desse grupo, você pode dar prioridade para o maracujá, cereja, laranja, kiwi e os vegetais verdes escuros, como brócolis, espinafre e couve.

Vale salientar que estudos comprovaram que a vitamina C, presente em frutas cítricas, ajudam a diminuir a liberação do hormônio cortisol, que é liberado pela glândula adrenal como resposta ao estresse e ansiedade. 

Consumir frutas ricas em vitamina C é bom para o funcionamento do seu sistema nervoso, além de provocar uma sensação gostosinha de bem-estar.

 

2. Alimentos ricos em vitamina B

Já que falamos de vitamina C, vamos também citar outra vitamina super importante para o funcionamento do nosso corpo: a vitamina B.

Ela está presente em alimentos como amendoim, castanha, nozes, cereais integrais (aqui podemos citar o pão integral, arroz e macarrão integral), alface, abacate e aveia.

Esses alimentos ajudam o nosso corpo a produzir energia e a melhorar o funcionamento do nosso sistema nervoso. Por consequência, também são alimentos que ajudam nosso corpo a relaxar.

 

3. Chocolate

Quem não ama? Assim como alguns legumes e frutas, o chocolate também é rico em flavonoides. Esse antioxidante é um poderoso produtor de serotonina – um neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar.

É por isso que o chocolate é tantas vezes associado a momentos de alegria ou até mesmo de cura para períodos difíceis. Isso porque a serotonina auxilia no humor e reduz a sensação de ansiedade.

Apesar de ser delicioso e todo mundo amar, recomenda-se apenas 30 gramas de chocolate por dia, de preferência amargo (70% ou mais), por, além de ser menos calórico, também ser mais rico em flavonoides!

 

4. Alimentos ricos em ômega-3

O ômega-3 é uma gordura considerada boa, que ajuda a reduzir inflamações no organismo e controlar os níveis do hormônio do estresse, chamado de cortisol.

Podemos encontrar uma fonte rica de ômega-3 em alimentos como sardinha, atum, salmão, sementes de chia e linhaça e também na gema do ovo.

Além de ser um bendito auxílio para nosso organismo, o ômega-3 ajuda a melhorar a memória e previne doenças como Alzheimer, Parkinson e alguns problemas cardiovasculares.

 

5. Espinafre

Citamos ele lá em cima, junto com legumes e verduras, porém decidimos guardar um espacinho especial para o espinafre.

O espinafre possui ácido fólico, uma vitamina natural e antidepressiva, super potente. Uma boa concentração de ácido fólico no organismo ajuda a manter bons níveis cerebrais de serotonina.

 

Cuidar do corpo e da mente é cuidar da sua saúde!

Além de prestar atenção na melhoria da alimentação, recomendamos que práticas de atividades físicas sejam adotadas em sua rotina.

Sabemos que é um momento difícil para conseguir realizá-las, mas lembre-se que o seu corpo vai agradecer de diversas formas. Afinal, esse período que estamos vivendo é um momento muito incomum para nossa mente e nosso organismo.

Praticar atividades físicas, além de reduzir o estresse, aumenta a produção de hormônios que causam a sensação de bem-estar. Existem muitas iniciativas atualmente que oferecem treinos gratuitos, em casa, pelo YouTube! Que tal dar uma olhadinha?

Estamos torcendo por você!